1 Ano de Impunidade – Sophie Zanger mais uma vítima da violência familiar e mais um caso de IMPUNIDADE!

Sophie Zanger

Covardemente assassinada em 19 de junho de 2009


1 Ano depois e o caso continua IMPUNE

Sophie Zanger

* 28/03/2005
+ 19/06/2009

Sophie, de apenas 4 anos foi levada ao óbito no dia 19/06/2009, vítima da maldade, do desafeto, do desamor e da ganância humana.

A tia da menina Geovana dos Santos e sua filha Lílian dos Santos respondem em liberdade processo por tortura seguida de morte.

1 Ano depois e o caso continua Impune

O pai da criança, o Austríaco, Sascha Zanger, depois de muito custo conseguiu apenas reaver as cinzas de sua filhinha, uma vez que o corpo foi cremado no Brasil, para enterrá-la na Áustria e somente depois da morte da pequena é que ele conseguiu a guarda do outro filho, Rafael de 12 anos. Ambos tinham sido trazidos para o Brasil de forma ilegal pela mãe.

Esse pai vinha lutando pela guarda das duas crianças, mas a Justiça Brasileira nada fez para ajudá-lo, deixando as crianças nas mãos de uma pessoa visivelmente desequilibrada e com problemas mentais, pessoa essa, a mãe das crianças, as abandonou e deixou-as sob os cuidados de sua irmã, tia das crianças, que ficava com eles para poder receber a pensão paga pelo pai Austríaco, mas não tinha os devidos cuidados, afeto e amor por essas crianças e hoje tudo o que esse pai pede é Justiça pela morte de sua filhinha, que as responsáveis por esse crime brutal paguem pelo que fizeram.

Sascha Zanger suplica e pede que o ajudemos para que a Justiça seja feita !

Não deixemos que esse caso, que é mais um para nos envergonhamos da Justiça Brasileira, fique impune, vamos ajudá-lo a cobrar das autoridades responsáveis que o caso seja devidamente apurado e as responsáveis pela morte da pequena, punidas !

Caso Sophie na Revista zaP

Pedimos Justiça para a pequena Sophie Zanger !!!

Mais uma criança, vítima do desafeto…do desamor familiar e da maldade humana.

Deus a tenha em seus braços, pequena criança…descanse em paz !

Sandra Domingues

19/06/2010

Memorial Gabriela Sou da Paz